Image Image Image Image Image

topo

topo




Creci faz alerta para golpe do falso fiador em Bauru

Garantias-para-aluguel-v-C3-A3o-al-C3-A9m-do-fiador-2-520x245

Uma modalidade de golpe para a locação de imóveis na cidade surgiu nas últimas semanas. Três imobiliárias de Bauru teriam recebido contratos de pretendentes à locação com falso fiador, que utilizava documento furtado de um casal idôneo morador da Capital.

O estelionatário agiria anunciando seu serviço de “fiador profissional” nos meios de comunicação e na internet e, ao receber a quantia pedida aos inquilinos, entregaria o contrato assinado e com firma reconhecida em nome dos verdadeiros proprietários dos documentos. O curioso é que, além de possuir documentos como CPF e RG, o estelionatário ainda apresentaria certidões de casamento e outros documentos para convencer o inquilino e a própria imobiliária a respeito de sua “idoneidade”.

O golpe, no entanto, foi descoberto pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), após denúncia na última semana.

O delegado da entidade, Carlos Eduardo Muniz Candia, faz um alerta aos locatários sobre a responsabilidade subsidiária frente aos crimes de estelionato e falsidade ideológica. E orienta as imobiliárias a serem mais criteriosas a fim de evitar prejuízos futuros.

“A empresa só conseguiu descobrir o golpe porque outras dez imobiliárias haviam rastreado o histórico dessa pessoa no Serasa. Depois, outras duas imobiliárias da cidade entraram em contato pedindo informações sobre o golpista. Por sorte, a empresa acabou conseguindo o contato da verdadeira dona do documento, que não sabia de nada”, relata o delegado do Creci.

R$ 750,00

O tal fiador profissional, segundo Candia, teria cobrado de sua última vítima, um morador de Bauru, a quantia de R$ 750,00 para garantir  que o contrato do aluguel de uma casa no bairro Terra Branca, avaliado em R$ 800,00 mensais, fosse fechado.

Diante do desconhecimento da má intenção, o inquilino teria enviado o contrato ao suposto fiador e recebido de volta com a assinatura falsificada e a firma reconhecida.

“O fiador profissional é uma prática antiga, não há nada na lei que vete isso”, observa Candia.

Ao entregar a documentação à imobiliária, contudo, o inquilino teria sido surpreendido com a notícia de que a pessoa proprietária dos respectivos documentos havia sido furtada na Capital e estaria enfrentando problemas parecidos em outras localidades.

“Ela era fiadora em outras 10 imobiliárias em outras cidades e não sabia. O inquilino, por sua vez, acabou perdendo os R$ 750,00 e teve o contrato cancelado”, frisa Candia. “Já tivemos outros casos do tipo, mas o estelionatário falsificava a matrícula e a foto do RG, por exemplo. Nada assim. Acredito que estamos diante de uma quadrilha”, ressalta o delegado do Creci.

Ele orienta as imobiliárias a registrarem boletim de ocorrência  e destaca a responsabilidade até mesmo criminal do inquilino frente à apresentação da documentação falsificada.

Exigir presença física de fiador e aumentar os critérios dificulta golpe, orienta a Polícia Civil

Responsável por investigar casos de estelionato, a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) frisa que a modalidade de golpe em questão já é conhecida nos eios policiais. “Já registramos casos parecidos, de pessoas que forjaram documentos  em nome de terceiros, que não possuem restrições financeiras, para conseguir alugar um imóvel”, pontua o delegado Cledson Luiz do Nascimento.

Para ele, a única forma de coibir esse tipo de prática é o aumento de critérios das imobiliárias antes de fechar negócio. “Exigir a presença física do fiador no ato da assinatura do contrato evita golpes”, elenca Nascimento.

A legislação prevê pena de 1 a 5 anos de reclusão, caso o comprovada a intenção do locatário em obter vantagem diante da falsidade ideológica. A pena para o crime de estelionato também vai de 1 até 5 anos de reclusão.

Não houve registro de boletim de ocorrência (BO) na Polícia Civil sobre os quase golpes informados pelo Creci.

Midias Sociais

Simuladores de Crédito

Simuladores Simulador BB Simulador Cxa Simulador Itaú Simulador HSBC Simulador Bradesco Simulador BM

Enviar para um amigo

SEU NOME

SEU EMAIL

PARA

PARA (Email):





Para mais informações deixe uma mensagem


Deixe um comentário